quinta-feira, 26 de junho de 2014

QUAL É A BASE DO TEU CRISTIANISMO? JESUS OU A TUA IGREJA?


Nossos irmãos no passado e até presente sofrem muito por causa da palavra, castigo físicos, privações, provações, isolamento, e não abandonam a fé. Se alguém pode continuar sendo cristão e conhecer mais profundamente a Cristo quando está preso em uma solitária, sem refeições adequadas, sem lazer, sem entretenimento, sem internet, celular, wi-fi, como daremos uma desculpa para o Senhor se não guardarmos a fé mesmo cercados de conforto como somos hoje em dia? Nossos irmãos nas prisões solitárias não tem um computador, e o Google, então eles são forçados a receber do alto, do Espírito. Conosco deve ser igual, temos que usar a internet sim, pois é uma ferramenta preciosa que Deus nos está dando, mas tudo isso debaixo da potente mão de Deus. Temos que usar com quebrantamento, no esmagamento do Espírito Santo, e não apenas por conforto, mera curiosidade, ou comodismo. É mais fácil perguntar ao Google que te responde numa fração de segundos, do que ir ao Senhor e esperar o tempo certo para vir a instrução.

O SENHOR já me direcionou a muitos sites na internet, mesmo as pregações do Profeta, o Senhor me levou ali, mas isso foi depois de choro, oração, eu pedia a Deus por algo e a resposta veio. Porém se algum dia censurarem a internet no Brasil ou no país em que você mora e você perder o acesso a conteúdo cristão, tenha certeza de que neste dia você já saiba acessar a Sala do Trono de Deus no céu. Certifique-se de aprender a beber direto da Jesus. De fato o SENHOR pode usar um site na internet, um blog, um panfleto, ou mesmo um pregador para falar conosco e nos transmitir a mensagem, e isso é bom. Porém, nunca troque isso por ouvir direto do Senhor, quando o Senhor mesmo, sem usar nada e ninguém vem e coloca no teu coração a Sua Palavra. Temos feito como nos dias de Moisés, temos dito "Moisés, fala você conosco, mas não queremos ouvir a Deus, porque temos medo". Na verdade este cristianismo que vivemos agora criou uma geração de pessoas preguiçosas para buscar ao Senhor, que não tem ousadia, nem mesmo coragem, nem iniciativa própria de ir buscar a Deus. Antigamente as cartas de Paulo vinham de ano em ano, não havia e-mails para responder a todos rapidamente, eles tinham que orar, orar, orar, chorar, suplicar, esperar, e então vinha aquela carta maravilhosa. Mas hoje nós temos preguiça de ouvir do Senhor, preferimos que alguém suba o monte, ouça por nós e então venha e nos fale.

Somos uma geração de cristãos passivos, quando na verdade deveríamos ser cristãos ativos na busca pelo Senhor, buscando-o com um coração inteiro e mais bem disposto, afinal Ele se entregou por nós, Cristo morreu por nós sendo nós ainda pecadores!

Testemunhos que me fortaleceram muito sempre foram os testemunhos de irmãos presos em prisões solitárias, e como de alguma forma descobriram mais profundamente a essência perdida do cristianismo, a essência que é CRISTO. A essência perdida do cristianismo não é a rotina de uma igreja, não são prolongadas orações, não é nem mesmo a bíblia, ou as reuniões com os irmãos, não é evangelismo ou seja lá qual que seja a atividade cristã. A essência é CRISTO e nós vivemos na geração que está trocando atividades cristãs pela pessoa de JESUS.

A igreja atual tem muitas atividades "cristãs", e de tão ocupada com suas atividades "cristãs", ela perde a essência que é CRISTO. Em Apocalipse vemos a carta do Senhor ao mensageiro, ao pastor da igreja de Laodiceia, e ali vemos uma igreja morna com um pastor morno, que havia perdido CRISTO apesar de continuar mantendo todas suas atividades "cristãs". Jesus estava na porta daquela igreja, do lado de fora, batendo, querendo entrar. Eles haviam perdido Jesus e continuavam com todas suas atividades cristãs. A história se repete atualmente, muitos irmãos não sabem ser cristãos "sem a igreja", estão acostumados com um cristianismo horizontal, de comunhão passageira, temporal.

Estão acostumados com os cultos, as reuniões de oração, reuniões das senhoras, da mocidade, o sermão do pastor (e tudo isso é bom quando feito do jeito certo), e então a questão se torna que de fato a maioria dos cristãos sabem "ser" cristãos apenas "dentro da igreja", mas quando estão sozinhos no dia-a-dia não sabem mais o que é seguir a CRISTO. Estão acostumados a comunhão horizontal, de um ou dois cultos por semana, temporal, passageira, mas não estão acostumados a comunhão permanente, eterna, no Espírito Santo, a comunhão que é vertical.

Alguns cristãos atualmente se fossem presos e jogados numa solitária só ali perceberiam que a base do seu cristianismo era na verdade a rotina da igreja e não o seu relacionamento com o Espírito do SENHOR. Fora do contexto da igreja muitos cristãos se enxergam sem Deus no mundo. Se eles não tiverem o celular do pastor então se sentem sozinhos e abandonados. O cristianismo atual ensina as pessoas a dependerem mais da igreja do que a dependerem de JESUS. Mas o fato é que você continua sendo cristão, e tendo comunhão com Deus, mesmo que não esteja no momento da reunião com seus irmãos. Pelo menos deveria ser assim.

Nos esquecemos que o culto é para Deus, mas o culto não é Deus. Que nos reunimos como igreja para o Senhor, mas que as reuniões nossas não são o Senhor. Os sermões não são Deus, a bíblia não é Deus, pastores não são Deus, santa ceia não é Deus, internet não é Deus, e todas as coisas são boas quando usamos delas legitimamente, mas se criarmos em algo uma triste dependência, então isso já se torna num ídolo em nosso coração. Você pode ser aconselhado por um pastor, entretanto, se criar dependência disto como poderá dizer que depende de Deus? E se o seu pastor morrer? Se a sua igreja fechar? Se fecharem teu canal de vídeos preferido na internet? DEUS CONTINUARÁ VIVO!

Aproveite o tempo que Deus te dá para estabelecer em seu coração um cristianismo cuja essência seja Cristo, cuja essência seja a comunhão eterna com o Espírito Santo, que é permanente, que não cessa quando você acabou de sair do culto da tua igreja, ore sobre isso e peça ao Senhor, de forma que se hoje te lançassem numa prisão solitária, poderiam te tirar tudo, tua igreja, teus irmãos, tua bíblia, os conselhos do teu pastor, marido, esposa, mãe, pai, filhos, filhas, mas não poderiam tirar de você o essencial para o teu cristianismo, poderiam tirar até a tua vida temporal, mas não poderiam tirar o Espírito Santo, tua Vida Eterna!

JESUS é o fundamento, ELE é fundamental, é a base, e deve ser a base do nosso cristianismo. Ele é mais do que a igreja, do que o pastor, do que o sermão, do que o sábado, do que o dízimo, do que a ceia, e sem Ele nada podemos fazer. Um cristianismo moderno foi construído tendo como base a igreja, mas voltemos ao fundamento que é Cristo (A Rocha!), para que a igreja seja construída tendo como base o Senhor e então saiba como deve se comportar como Casa de Deus. Fazer atividades cristãs, participar de cultos cristãos, não te faz cristão, que a essência do seu cristianismo volte a ser Cristo, o Novo Nascimento, Arrependimento, Santidade para a Eternidade, para as Bodas. Seja este o desejo número um do nosso coração, e o nosso único projeto de vida. De tudo podemos abrir mão, mas não do Senhor.

Shalom! Shalom! Shalom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário