terça-feira, 27 de maio de 2014

NÃO ROUBE NO SEU EMPREGO - FIDELIDADE


"Exorta os servos a que se sujeitem a seus senhores, e em tudo agradem, não contradizendo, não defraudando, antes mostrando toda a boa lealdade, para que em tudo sejam ornamento da doutrina de Deus, nosso Salvador."

Tito 2:9-10

Honestidade, fidelidade, sinceridade, estas são características que tem seu real valor provado quando as praticamos mesmo quando estamos sozinhos. Quer dizer, mesmo quando não há ninguém nos observando, então continuamos sinceros, honestos, fiéis. A honestidade, sinceridade, fidelidade, que é praticada quando se está em público não pode ser usada para medir a realidade do coração de uma pessoa.

Alguém só pode ser chamado de honesto, fiel, sincero, quando o é diante dos homens, e também quando está a sós, quero dizer, diante de DEUS. Se nós nos dessemos conta de que nunca estamos sozinhos, de que o SENHOR sempre está presente, então ataríamos o temor do SENHOR a nossos corações. Em Ezequiel 8 foi mostrado ao Profeta as abominações que eram cometidas no Santuário do SENHOR, em Jerusalém, haviam quartos secretos para culto a ídolos e outros falsos deuses. Os tais que prestavam este tipo de culto diziam em seu coração "o SENHOR não vê, ELE abandonou a terra".

Eles não se deram conta de que o SENHOR vê todas as coisas, pois estão nuas e patentes diante dos seus olhos. Quando somos honestos diante dos homens isso ainda pode ser apenas uma honestidade aparente, uma máscara, um disfarce, porém quando aprendemos a ser honestos diante de DEUS, então seremos honestos em todo o tempo, tanto diante dos homens quando longe deles.

A bíblia diz para os empregados serem sujeitos aos seus patrões (desde que não tem ordenem cometer um pecado), não contradizendo e também não defraudando, mas mostrando toda a boa lealdade. O que vem a ser está característica de lealdade, de não defraudar?

Na verdade eu creio que a melhor forma de explicar é colocando este texto em um exemplo, e para o caso eu vou escolher a história de José no Egito. Ele havia sido vendido por seus irmãos como escravo, estava longe da sua família na terra do Egito. Ele tornou-se empregado (escravo, servo) na casa de um homem chamado Potifar. Devido a sua boa conduta José conseguiu receber o encargo de total responsabilidade pela casa de Potifar. Um dia, longe da vista de todos, a mulher de Potifar ofereceu-se a José, e ele disse "não, pois não posso pecar contra o meu DEUS".

José foi leal a Potifar, pois havia aprendido a ser leal a DEUS, e não usou da posição que tinha para poder apropriar-se ou ganhar alguma vantagem indevida. Eu escrevo isso para dizer, não roube nada no seu serviço. As vezes pela posição que você trabalha você tem acesso a algumas coisas, seja um lápis, uma caneta, um clips de papel, entre outras coisas, não defraude, quer dizer, não use a posição que você está para tomar alguma vantagem para si, seja leal ao seu patrão.

Conheço muitos cristãos que imprimem trabalhos e mais trabalhos de faculdade e colégio no emprego, imprimem escondidos, sem a permissão dos seus patrões, imprimem livros, fotos, trazem para casa canetas, lápis, clips de papel, tudo isso sem permissão. Há pessoas que trabalham em supermercados, e comem coisas no estoque, sem permissão, isto é pecado. Se arrependa e não faça mais isso, seja leal ao SENHOR, seja leal no seu emprego, para que você possa se tornar ORNAMENTO (enfeite) da DOUTRINA DE CRISTO.

Não roube, deixe o SENHOR cuidar de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário