quinta-feira, 17 de abril de 2014

UM PÚLPITO QUE PREGUE SANTIDADE E QUE VIVA EM SANTIDADE

Havia um pastor que apascentava o seu rebanho no alto de uma montanha. Ali ele tinha água que sempre corria para poder dar-lhes de beber. Também os pastos daquele local era lindos e verdejantes, cheios de vida. Estas ovelhas cresciam cheias de saúde, e este pastor amava o seu rebanho. Havia ali perto também um outro pastor, que apascentava o seu rebanho, porém em um local mais baixo, mais distante. O pasto daquele lugar era ruim, escasso, e também a água daquele lugar era parada, cheia de lodo misturado com fezes. As ovelhas deste outro pastor não cresciam, era sempre magras, fracas e doentes. Este outro pastor espancava as suas ovelhas e sempre cobrava delas saúde perfeita, crescimento perfeito porém como cresceriam comendo um pasto escasso e bebendo uma água contaminada?

Esta é uma pequena parábola que o SENHOR me deu a respeito de muitos pastores atualmente que espancam as ovelhas doentes quando na verdade elas apenas estão doentes por culpa da água e do pasto que elas tem bebido. Para dizer bem melhor, há muitas ovelhas doentes e perdidas por que o púlpito de muitas igrejas está doente e perdido. Eu tive uma visão de um pastor brigando com suas ovelhas, porque elas não cresciam, não buscavam a DEUS, e então o SENHOR falou comigo mais ou menos isso "a água e o pasto que ele está dando para as ovelhas é que é culpado por elas não crescerem." Será que os pastores sabem disso?

Eu penso que não sabem, nem mesmo sequer cogitam em se arrepender. Quando foi que você como pastor pensou em se arrepender? A questão é que a função do pastor é subir com as ovelhas o monte, guiá-las a DEUS, guiá-las a CRISTO. Mas alguns tem preguiça de subir ao monte para falar com DEUS, e ali tomar orientação, então preferem apascentar as suas ovelhas lá embaixo, dando-lhes de comer das coisas da terra e não das celestiais. Estes pastores nem sabem o que é subir até a presença de DEUS, e então jamais poderão levar suas ovelhas a ter uma vida de intimidade verdadeira com o SENHOR. Ele mesmo tem preguiça de ir até DEUS e por isso gera ovelhas preguiçosas.

Há uma necessidade enorme na igreja, precisamos de um púlpito que pregue santidade e viva em santidade. Precisamos de ovelhas de CRISTO que respondam a Santidade com o Arrependimento, para que CRISTO possa vir e transformar os corações de muitos. Precisamos que os pastores primeiro sejam transformados, pais que primeiro sejam transformados, maridos que primeiro sejam transformados, filhos que primeiro sejam transformados, e então depois poderão contar aos outros qual seja a experiência de subir ao monte para encontrar com DEUS.

O que quero dizer é que seria como se um pregador da teologia da prosperidade subisse no púlpito da sua igreja e começasse a espancar as ovelhas com suas palavras dizendo "parem de ser materialistas, parem de amar do dinheiro". Ou como se um cantor gospel subisse no palco do seu show e então começasse a dizer "música gospel não é entretenimento, eu não sou entretenimento". Mas espere ai, quem transformou a cruz de CRISTO em amor ao dinheiro senão o funesto evangelho da prosperidade? Quem transformou os cânticos de louvor a DEUS em entretenimento de péssima qualidade senão os cantores gospel? Não reclamem daquilo que vocês mesmos estão alimentando na igreja!

"Porque os pastores se embruteceram, e não buscaram ao Senhor; por isso não prosperaram, e todos os seus rebanhos se espalharam."


Jeremias 10:21

Arrependimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário