terça-feira, 15 de abril de 2014

JESUS CRISTO & O ANTIGO TESTAMENTO


Muitos cristãos hoje em dia não querem mais o velho testamento, eles dizem que não devemos ler o antigo testamento, que não devemos mais pregar o antigo testamento. Mas a Verdade é que CRISTO quando veio pregou basicamente e essencialmente o Antigo Testamento. Na época do SENHOR JESUS não havia novo testamento, não havia as cartas de Paulo, nem os apóstolos. A questão é que os Profetas todos do passado foram santos homens de DEUS que falaram movidos pelo Espírito Santo, e então o mesmo Espírito Santo na boca de CRISTO apenas confirmou a Palavra dita pelos Profetas!

É difícil para aqueles que querem viver da letra entenderem que o antigo testamento fala de CRISTO, e que de fato o Evangelho da Graça está presente e sendo pregado desde Gênesis, Noé, Abraão, José, Moisés, Josué, Sansão, Gideão, Samuel, Isaías, Jeremias, Ezequiel, Daniel, eles falaram de CRISTO. Alguns querem rasgar o velho testamento, outros querem que leiamos apenas os Evangelhos, outros querem que leiamos apenas o novo testamento, mas no entanto as Palavras de CRISTO que estão na bíblia estão em todos os livros, de Gênesis até Apocalipse.

O velho testamento fala mais de CRISTO do que supõe a nossa vã teologia, vã filosofia. Se você ler a lei de Moisés com os olhos espirituais abertos então vai poder enxergar a revelação do Evangelho e de CRISTO que está naquela lei. Se você ler apenas pela letra, vai querer jogar fora o velho testamento. Mesmo o novo testamento testifica sobre a importância do antigo testamento e como ele é importante para a igreja, como ensino, como exemplo, não ao pé da letra, mas na novidade do Espírito.

A lei carrega em si mesma a sombra dos bens futuros e não a imagem exata das coisas, sendo ela boa se alguém a usar legitimamente, quer dizer, de forma espiritual. O maná que desceu do céu, o pão dos anjos que alimentou os israelitas, significava que CRISTO o Pão Vivo em breve desceria do céu para dar vida eterna. A serpente de bronze levantada no deserto que atraiu a si todos os envenenados pelo fel amargo da murmuração, representava CRISTO que foi levantado no madeiro para que todo aquele que NELE crer não pereça mas tenha a vida eterna. Noé, o autor e construtor de uma arca que salvou sua família da ira de DEUS no dilúvio, representa CRISTO, o autor e consumador da nossa fé e salvação. O sábado, o nosso dia de descanso, significa CRISTO o descanso da nossa alma de todo o fardo do pecado e da culpa, da ira de DEUS. Há muito que aprender de CRISTO na lição do velho testamento, basta não tomar tudo ao pé-da-letra, mas entender na Novidade do Espírito. As parábolas estão em toda a bíblia, antigo e novo testamento, felizes são os pequeninos a quem o Pai tem podido revelar estas coisas.

"E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos." Lucas 24:44


Nenhum comentário:

Postar um comentário