quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

SER UMA NOVA CRIATURA


Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão, nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura. Gálatas 6:15

Diante do Perfeito Sacrifício de CRISTO na Cruz, todas nossas tentativas de agradar a DEUS são expostas ao ridículo. Ninguém pode agradar a DEUS a não ser JESUS CRISTO. ELE é o FILHO AMADO em que o PAI tem todo o seu prazer. Se queremos realmente agradar o PAI, só há então um caminho, eis ai o Cordeiro de DEUS que tira o pecado do mundo!

Nós como Igreja do Deus Vivo temos passado tempo demais preocupados com coisas de menor importância, não adianta discutirmos se devemos ou não nos circuncidar, pois enquanto muitos se ocupam nestes vãos debates, deixamos de lado o realmente importante que é SER UMA NOVA CRIATURA.

Nascer da Água e do Espírito!

As questões do seu coração tem te levado a amar mais a CRISTO e ao seu irmão? Os debates teológicos que você tem se envolvido, realmente tem alimentado JESUS em você? Em tudo que você faz para o SENHOR, isso tem te levado a Amá-lo mais, e se entregar a ELE mais? Em teu método de Evangelismo, isto tem sido feito de uma forma que tem te tornado mais paciente? Mais benigno? Mais justo? Mais santo?

E em tuas defesas da fé, e defesas do Evangelho, isto tem acontecido sobre tua vida de uma forma que tem te feito mais humilde? Mais quebrantado? Mais submisso a Deus? Mais confiante em Cristo? Mais sério no seu modo de viver?

Vamos lá, em seu modo de viver, em cada aspecto da sua vida, a forma como você a vive, tem te levado mais a CRISTO ou tem te afastado DELE?

A menos que CRISTO habite em seu coração pela FÉ... você nada é... tuas obras nada são... teu dinheiro nada é... a menos que CRISTO habite em seu coração pela FÉ e o efeito da SUA presença esteja te guiando a uma vida totalmente submetida ao Espírito Santo... a menos que isso aconteça e esteja acontecendo... não terá valor, circuncidar-se ou não, está não é a questão, a questão é... TEMOS QUE NASCER DE NOVO!

CRISTO deve habitar em nós...

Nenhum comentário:

Postar um comentário