segunda-feira, 15 de julho de 2013

CHEGA DE CONFERÊNCIAS PAGAS

CHEGA DE CONFERÊNCIAS PAGAS!!!
CHEGA DE PAGAR PARA OUVIR O EVANGELHO!!!
CHEGA DE PAGAR PARA APRENDER O EVANGELHO!!!

Novamente vou falar do testemunho de Keith Green, já postei sobre isso neste site, porém quero falar novamente. 

É UM ABSURDO QUE AS PESSOAS TENHAM QUE PAGAR PARA OUVIR O EVANGELHO.

Este texto assim como todos precisa ser escrito debaixo da unção do Espírito Santo, eu oro ao Senhor Deus dos Exércitos que me ajude no que escreverei, como sempre dizia o Senhor "quem tem ouvidos para ouvir, que ouça!"

Quanto João Batista cobrava de entrada ou ingresso para quem queria ouvir uma de suas ministrações?
Quanto Jeremias cobrava pelas suas profecias?
Quanto Pedro cobrou pela visita a casa de Cornélio?
Quanto Paulo cobrou para ir a Macedônia?

Quanto Jesus cobrou para dar o sermão do monte?

A resposta é muito simples, NADA!

Vamos relembrar o que a bíblia, a Palavra de Deus nos diz sobre isso! Na Igreja atual temos usado desculpas para infringir os mandamentos de Deus sob pretexto das "nossas necessidades". Eu acabei de fazer uma pequena pesquisa nos sites de vários cantores, pastores, pregadores e igrejas da atualidade entre elas: Thales Roberto, Aline Barros, Ana Paula Valadão, André Valadão, Nívea Soares, Jotta A, Ludmila Ferber, Régis Danese, Lázaro, Oficina G3, Antônio Cirilo, David Quinlan, Heloisa Rosa, Livres para Adorar, Soraya Moraes, Eyshila, Michael W. Smith, Igreja Universal do Reino de Deus, Igreja Internacional da Graça de Deus, Igreja Mundial do Poder de Deus, Marco Feliciano, Silas Malafaia, Fernanda Brum... cito estes apenas como exemplos, eu os amo em Cristo mas não posso deixar de falar do Evangelho!

Eu vi muita coisa em comum nestes sites, nos sites dos cantores eu vi muitos chamando suas ministrações de show, os convites para ministração são tratados em alguns como contratos de trabalho, grande parte destes tem lojas gospel nos seus sites (loja do Thales, loja do André Valadão, loja da Nívea Soares, etc...), nestas lojas eles vendem de tudo, cd, dvd, boton, caderno, caneca, capa de celular, camisetas, jaquetas, bolsas, carteiras, brincos, anéis, pulseiras, todos eles com os seus próprios nomes ou de seus cd´s, são artigos e mais artigos todos levando o nome do cantor, banda, pastor, igreja, enfim, fica a questão, seria errado fazer comércio com o nome de Cristo, mas porque será que nas roupas deste povo, canecas, cadernos, eles sempre fazem questão de fazer propaganda de si mesmos e do seus cds e não do glorioso Evangelho?

Uma outra coisa que percebi gritantemente foi a sensualidade, muitas das fotos parecem book´s de modelos, algumas fotos de manequins expondo roupas gospel a venda trazem crianças com micro-shorts, rapazes sempre sarados, musculosos, mostrando seus braços com camisetas apertadas, mulheres com caras e bocas dignas de revistas mundanas. Na área de convites para ministrações foi onde vimos algumas aberrações também, notamos que muitos deles exigem muita coisa para serem contratados, eles já tem uma determinada estrutura de palco que querem, com tais e tais aparelhos, técnicos de som, luzes, muitas luzes, um dos que mais me chamou a atenção foi o Oficina G3 na quantidade de luzes que eles queriam! Alguns exigem hospedagem em hotel, passagens de avião (nada de ônibus, carro, carona), comida, transporte, um carro a disposição. Muitos deles usam estratégias de Marketing para chamar atenção dos visitantes e induzir a compra, "facilitamos o pagamento em 6 vezes sem juros", "promoção, faça um vídeo e ganhe um ipod", "ganhe desconto nas compras acima de R$ 100,00", há uma propaganda muito forte.

Outra coisa que eu vi bastante em comum em muitos deles é a participação em conferências pagas! Como assim? Isso mesmo, conferências pagas! Este é um ponto chave na igreja atual, a desculpa que temos dado para cobrar ingressos e inscrições em conferências é que há necessidades financeiras! Ninguém ignora o fato de que há custos na pregação do Evangelho! Alguns para tentar suavizar a venda de ingressos e entradas em shows, ministrações, eventos, conferências trocam o nome da venda para investimento, para ir na ministração tal o investimento é R$ 50,00, para suavizar mais ainda eles dizem R$ 50,00 + 1 Kg de alimento (cobrar R$ 1 ou R$ 100 é cobrar do mesmo jeito!). Na verdade falando em português claro seria "para entrar no show tal o ingresso é R$ 50,00!".  É um SHOW mesmo, e o preço pago é por um ingresso para ouvir uma música legal, dançar, paquerar uma moça gospel, um moço gospel, dar um ficada gospel, atualmente o nível de indecência das marchas para Jesus é quase o mesmo da parada Gay, pergunte para quem já foi se os jovens não ficam se agarrando igual! Infelizmente poucos tem autoridade para repreender alguém nesta matéria, pois vejo que este erro de fazer conferências pagas está em todas as esferas da igreja, não apenas nos neo-pentecostais da teologia da prosperidade, ou nos adoradores proféticos que já há muito deixaram de lado o espírito da profecia, ele está também em muitos seminários e cursos teológicos. Vou citar um exemplo a seguir para enquadrar mais algumas igrejas e pessoas nesta repreensão aqui.

Agora em 2012 há uma editora de livros chamada Fiel (Editora Fiel), eles sempre fazem um congresso anual, este ano foi em Águas de Lindóia, eu cheguei muito a pensar em ir participar, me interessei bastante porque o irmão Paul Washer estaria pregando lá, eu o respeito como pregador. Quando entrei no site da referida conferência vi que o valor da inscrição era de R$ 180,00 mais ou menos! Na hora eu desisti.


É UM ABSURDO QUE AS PESSOAS TENHAM QUE PAGAR PARA OUVIR O EVANGELHO.

A Conferência foi transmitida ao vivo pela internet, gratuitamente, as pregações foram vendidas em box de dvd, porém depois são colocadas também gratuitamente na internet. Eu acho tudo isso lindo, e digno de nota, porém há algo mais excelente da parte de Deus que devemos aprender com as Escrituras. Como as necessidades financeiras da igreja são supridas?

Primeiro de tudo, pela fé em Jesus Cristo, se Ele tem poder de perdoar nossos pecados como não sustentará a sua Igreja?

Novamente: Jesus nunca montou uma conferência em que precisasse pagar para entrar! Porque Ele podia fazer assim? A resposta é simples, por uma das características do ministério de Jesus que foi esquecida atualmente: A SIMPLICIDADE!

A igreja moderna gasta muito dinheiro para fazer pouca diferença! Jesus gastou pouco dinheiro em seu ministério terreno! Ele conseguiu organizar pregações a céu aberto, na época não havia microfones, câmeras, internet, nada disso, mas havia o poder de Deus. Ele não precisou alugar hotéis de luxo, dormiu ao relento, seus apóstolos a mesma coisa! Mas hoje quando você vai chamar um cantor gospel, ele exige uma montanha de equipamentos para montar o seu show!

Quero deixar portanto aqui um parecer de como a igreja é sustentada. É bem claro que Jesus é quem sustenta a sua própria igreja, e o sustento material da igreja vem sempre da própria igreja! Isso creio que é bem claro no coração e mente de todos. Como as igrejas vão se sustentar? A igreja deve sustentar a igreja, a igreja tem uma responsabilidade de sustentar a igreja, pois Cristo a sustenta! Como na bíblia Deus ordenou este sustento?

BUSCANDO O REINO DE DEUS E SUA JUSTIÇA EM PRIMEIRO LUGAR!

Deus não ordenou a venda de ingressos, cds, dvds, camisetas, canecas, chaveiros, fazer cantina ou qualquer outra coisa para  sustento da Igreja! A bíblia diz que quando estamos buscando o Reino de Deus e Sua Justiça Deus nos dará o que comer e o que vestir. Quero repetir, estamos usando a desculpa dos gastos que temos para poder usar meios de arrecadar contribuições que não são os bíblicos!

Como na bíblia a igreja é sustentada? Através de ofertas voluntárias de amor, que devem servir para sustento dos ministros, sustento do ministério e ajuda aos pobres do rebanho e em alguns casos até para os de fora da fé. Nesse caso como organizamos uma conferência sem ser paga? Você deve arrecadar os fundos necessários antes, deve lembrar-se de que o evento deve ser simples e funcional, Jesus ou apóstolo algum pregaram ostentação, a igreja deve reunir-se e levantar ofertas voluntárias sem sensacionalismo, sem emocionalismo, sem choros, mas de forma clara e objetiva depois da confirmação de Deus para a realização do evento levante as ofertas, se você simplificar as coisas verá como pode incluir mais pessoas gastando menos dinheiro. Não faça eventos devendo nada, ajunte o dinheiro necessário antes ao organizar o evento para que quando fizer o evento não precise vender nada nem tirar ofertas. Se Deus realmente tem o propósito dum evento com certeza o dinheiro aparecerá, mas nem sempre ter o dinheiro significa que Deus está aprovando, que isso fiquem bem claro! Nós temos o dinheiro hoje mas não temos mais a aprovação de Deus!

Muitos pastores e ministros hoje em dia tem passado dificuldade em sobreviver, quando se veem em aperto ao invés de clamar a Deus começam a exercitar o seu rebanho na avareza para arrecadar ofertas, como não há amor precisam apelar para promessas de riqueza e prosperidade terrena para arrancar dinheiro do rebanho, não são poucos os pregadores atuais que tem a conversa "plante uma semente aqui e receba a salvação de sua família", "plante uma semente aqui e receba seu milagre", "todos que contribuirem para a construção do templo de salomão vão ficar ricos", então eles vão enchendo a cobiça do povo que movido de cobiça material, avareza e ganância faz as suas ofertas.

Quando esta oferta chega ela é gasta em ostentações, luxos, vaidades, aparelhagens caras, palcos e luzes que fazem inveja para grandes bandas internacionais. A igreja atual é de alto custo de manutenção, mas baixa produtividade espiritual. Deus quer uma igreja de baixo custo de manutenção, mas alta produtividade espiritual. Gastamos muito dinheiro hoje para fazer barulho, luzes piscando, jovens pulando mas que depois do culto vão para a pornografia e fornicação, pastores que depois do culto contam piadas, são gulosos, gananciosos, avarentos, cobiçam a mulher do próximo.

É triste, mas visitando os sites destes ministérios eu pude concluir mais uma vez, a igreja atual é demais parecida com o mundo. Cada um deles tem a sua barraquinha de comércio. Muitos deles exigem que seus produtos possam ser vendidos no fim das ministrações (shows) e só eles podem vender. Eu vi o Jotta A com um chapéu igual do Michael Jackson  vi crianças com micro-shorts no site do André Valadão, rapazes com camisetas apertadas, vi a Aline Barros vendendo produtos e mais produtos com seu nome, exaltando seu nome na sua loja gospel, vi as exigências de luzes e som dos cantores, vi DVD do Livres para adorar sendo gravado na Igreja Bola de Neve onde é cobrado ingresso para entrar na igreja neste dia, depois será cobrado dinheiro pela venda dos DVDs, vi conferências pagas como a da editora Fiel, Cante as Escrituras, CTPI e diversos eventos ligados a teologia reformada também são cobrados(!), vi cantores vendendo "sua moda de roupa", a camiseta do Thales, a camiseta do Livres para Adorar, a camiseta do Santa Geração. Nós precisamos parar de cobrar para fazer conferências, parar de vender coisas e mais coisas, precisamos colocar conteúdo de graça na internet...

É muito diferente de Cristo, muito mesmo! Não imagino Jesus abrindo uma loja e vendendo sua túnicas, não imagino João Batista com uma barraca ao lado do Jordão vendendo seu modelo de roupa de pele de camelo, não imagino Jeremias terminando suas profecias e dizendo "quem quiser uma cópia do rolo é só falar com o Baruque ali na saida do templo". Eu não ignoro os gastos, mas atualmente gastamos muito para fazer pouco, compramos o melhor som do mercado depois dizemos que é para o Senhor, compramos bota de couro de cobra caríssima, ai dizemos que é para o Senhor, nos arrumamos para o culto para ser elogiados, ai dizemos que é para o Senhor, viajamos para Israel em caravana (Valdemiro Santiago, Rene Terra Nova..), ai dizemos que é para glória de Deus, organizam cruzeiros gospel (Rodolfo Abrantes, Heloisa Rosa, Ana Paula Valadão...), e dizem que é para o Senhor.

Recentemente vi um documentário que até postei no youtube, sobre a idolatria católica as aparições da "Maria". Hoje eu me pergunto, qual a diferença para a igreja evangélica? Quando eu ouço Silas Malafaia dizendo que segundo Gálatas 6:5 você tem que dar metade dos seus bens para o pastor, quando eu vejo Valdemiro Santiago mandando as pessoas darem o dízimo do que desejam ganhar, não do que já ganham (cuidado com seu décimo terceiro!), você ganha mil mas quer ganhar dois mil, dá duzentos de dízimo (!), quando eu vejo Edir Macedo dizendo que todos que derem dinheiro para construir o templo de Salomão ficarão ricos, então vou para os cantores e vejo que eles estão cobrando ingresso, vendendo camisetas com seu próprio nome e estilo, quando eu vejo eles participando de Troféu Talento (Troféu Apostasia!), Troféu Promessas da Globo, Grammy, competições para ver quem canta melhor, cantando para o homem julgar e não para Deus, indo a programas como Luciano Huck para fazer o povo perdido da platéia pular com música mundana como a Ana Paula fez, tirar uma moça de biquini para dançar como fez o pregador Luo mas não pregar o Evangelho da Cruz para eles, não chamar ninguém ao arrependimento e a Jesus, santificação(!). Depois alguns vem chorar como a Nivea Soares, porque a presença de Deus não está mais na igreja! A culpa é de vocês! Vocês botaram Jesus para fora Laodicéia e Sardes! Alguns buscam refúgio nas igrejas reformadas, mas até ali a moda de conferências pagas está! Uma forma de ajudar seria acabar com nossas conferências nas palavras de David Wilkerson - Um chamado para angústia, elas não estão servindo para nada!

A camiseta que devemos usar tem de estar escrito "Este povo me honra com os lábios mas seu coração está longe de mim. Me adoram em vão porque ensinam apenas preceitos e doutrinas dos homens aprendidas por rotina" Isaías 29:13 ESTE SOU EU!!! Não é escrito Aline Barros, Fé, Eu sou de Deus, reforma protestante... Pano de saco é o remédio nacional! Sardes e Laodicéia, arrepende-te! Tiatira, arrepende-te!

A palavra do Senhor para todos nós é ARREPENDEI-VOS, APRESSEM-SE! O Messias está vindo! Voltem para a mensagem da Cruz e do Sangue de Cristo! A IGREJA NÃO ENXERGA QUE O QUE ESTÁ FAZENDO É PECADO? É PECADO!

Para que, pois, me vem o incenso de Sabá e a melhor cana aromática de terras remotas? Vossos holocaustos não me agradam, nem me são suaves os vossos sacrifícios. Jeremias 6:20

Mas disse-lhe Pedro: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro. Atos 8:20

Nós voltaremos a falar destas coisas, pois nada aqui pode ficar sem claro entendimento, para que ninguém comece a lutar contra carne e sangue, para que ninguém comece a fazer nada de si mesmo e julgar de si mesmo. Eu amo todos estes que citei o nome, não estou aqui para denegri los, mas para alertá-los e a nossa geração, vamos voltar para a Cruz?

Paz (RECONCILIAÇÃO) com Deus seja com todos através de Jesus Cristo e seu sacrifício!

No amor do Pai, nas feridas do Filho e na consolação do Espírito Santo!

Anderson

Postado originalmente em 21 de Novembro de 2012





4 comentários:

  1. 100% tudo verdade. PARABÉNS

    ResponderExcluir
  2. Assino em baixo. Melhor parte do texto foi a citação da música da Nívea se lamentando.

    ResponderExcluir
  3. ESSE TEXTO DISSE TUDO!
    É VERDADE QUANDO NA BÍBLIA ALGUÉM PAGOU PARA PREGAR A PALAVRA DE DEUS!

    ResponderExcluir